• Home
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Livros
  • /
  • Filmes
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Release
  • /
  • Cover
  • /
  • Contato
  • PS de Paris #Resenha


    Nos cinemas, Mia interpreta uma mulher apaixonada. Mas na vida real, ela é uma atriz que precisa desesperadamente de um tempo de seu marido – a mega estrela que interpreta seu par romântico nos filmes. Então, ela atravessa o Canal da Mancha e busca refúgio em Paris, com um novo corte de cabelo, óculos falsos e um trabalho de garçonete no restaurante de sua melhor amiga.

    Paul é um autor americano que espera resgatar o sucesso de seu primeiro romance. Quando seu melhor amigo força um encontro com Mia através de um site de namoro, o status de relacionamento dos dois muda para "complicado".

    Mesmo que Paris pareça estar juntando o casal, eles resistem, solitários, inventando desculpas cada vez mais exageradas para permanecerem apenas amigos. Mas o destino tem outros planos para eles. O amor verdadeiro estaria esperando no final dessa história?

    Resenha



    Eu peguei este livro só por saber que era o escritor de E se fosse verdade ,um romance doce e de mensagem forte que faz muito sucesso até hoje e virou filme na mãos de Steven Spielberg estrelado por Reese Witherspoon e Mark Ruffalo e lançado em 2005, foi também sucesso de público e crítica. O que eu não sabia que tinha livro 2( já procurei horrores e vou comprar em espanhol, foi o unico volume que encontrei) com a continuação da história de amor entre Lauren e Arthur e que Paul ,protagonista de P.S. from Paris é o amigo que ajuda a unir o casal famoso.

    Paul é um homem tímido e reservado que teve seu livro publicado com a ajuda de Lauren e diante do sucesso da obra se viu obrigado a fugir do assédio de todos e foi para na cidade do amor Paris. Lá suas obras não obtiveram o mesmo sucesso porem de uns tempos para cá ,ele começou a ser destaque na Coréia e tambem a focar na sua tradutora Kyong,mulher misteriosa que prefere um relacionamento sem amarras até ele conhece Mia.


    “Kyong é como ...o oceano em minha vida. E eu sou o cara que tem medo de nadar. Rídiculo ,ne?”

    Mia é uma jovem atriz desiludida amorasamente que tambem veio se refugiar em Paris para pensar em que rumo daria a sua vida depois da traição do marido. Ela conta com a ajuda da divertida chef de cozinha Daisy que a acolhe em seu lar. Mia passa os dias passeando em Paris sem coragem para encarar sua vida real até que conhece Paul.

    Eles sabem que não devem se envolver amorosamente já que a vida de ambos está complicada, mas nós sabemos que o amor sempre dá um jeito de unir duas almas solitárias e amigas. Aos poucos, os dois se tornam grandes amigos e confidentes . Unindo passeios na Cidade Luz a jantares ,eles começam a se envolver e nos envolver nesta trama romântica e cheia de mensagens fortes.

    A principal delas paa mim veio do caricaturista que se torna amigo de Mia tambem e que tem uma história de amor comovente.

    “ Todo dia conta.”

    E como cada dia conta para que consigamos aproveitar a presença das pessoas em nossa vida, Mia e Paul vão descobrir como cada dia que eles passam juntos conta para a felicidade deles.
    Amei a força de Mia para fazer tudo que ela precisava fazer e toda a coragem que teve para lutar pelo que queria e amei a forma como Paul percebe o que está bem a sua frente.

    Com referências a Breakfast at Tiffany’s , Murakami e Jane Austen, me apaixonei pela escrita leve e fluida de Marc Levy que traz uma mensagem de resiliência, recomeços, amor e principalmente de luta e ética. O livro vai num crescendo até chegar no pico do ponto de conflito e tudo começa a parecer mais complicado ainda ,resta saber se eles perceberão o que realmente importa para eles ou não.
    Estou torcendo para ter um livro para Daisy e que tenha mais destes casais apaixonantes criados por Marc Levy.
    Amei a capa suave e romântica como o livro e que consegue transmitir como é o relacionamento entre os dois e achei maravilhosa a ideia de onde surgiu o título, pois nunca iria imaginar que tinha a ver com este detalhe .

    Mais- que -perfeito !
    6/5estrelas.
    Beijos,Myl



    0 comentários :

    Postar um comentário