• Home
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Livros
  • /
  • Filmes
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Release
  • /
  • Cover
  • /
  • Contato
  • Doce Procura #Resenha


    Doce Procura

    Sinopse

    Sophie Jones possui uma loja de doces em Seattle. Porém, sua vida não é muito açucarada. Uma série de tragédias, desde a morte dos pais em seu nono aniversário, a transformou em uma pessoa amarga. Agora, Garrett, seu ex-noivo, a procura para explicar por que a abandonou. Diante da recusa dela em conversar, os dois fazem uma aposta. Garrett colocará um anúncio no jornal pedindo provas de que a felicidade duradoura existe. Se conseguir cem respostas verdadeiras, ele terá a oportunidade de se justificar... e, quem sabe, recuperar o coração de Sophie. 
    Ano: 2013 / Páginas: 320
    Idioma: português 
    Editora: Record

    “ Já que você falou de felicidade e está tão certo de que ela existe, que tal se você tentar encontrá-la pra mim?”


    Resenha

    Antes de começar a contar como este livro impactou fortemente em minha vida, vou contar minha odisseia para encontra-lo, se duvidar foi quase igual a procura por felicidade de Garrett e Sophie. Eu o descobri numas pesquisas que estava fazendo no Skoob para a lista de livros desejados e este apareceu como sugestão de similar a um outro que coloquei na estante. Vi esta capa um tanto quanto sóbria e li a sinopse.

    Pronto ! Não precisei de mais nada para ficar enlouquecida procurando. No Skoob, não tinha ninguém trocando ele e não consegui achar sem ser usado em outro local. O único local que normalmente comprava que encontrei   um único exemplar foi na Saraiva Online e bem na época em que começou a se externar o grau de complicações em que  esta livraria está. Oh, dúvida cruel!

    Mas como queria muito mesmo, meti as caras e pedi entrega na loja.... Para minha alegria não demorou a chegar e já fui começando a devorar cada pedacinho, começo, meio e fim, ...hehehehe...Quando vi que ele tinha uma pegada mais dramática e outras obrigações de parceria mais urgente surgiram, coloquei ele em standby até me preparar psicologicamente para a leitura.

    Agora foi a hora, eu já estava me recuperando de uma forte ressaca e para que melhor para este problema do que permanecer bêbado? Lá fui eu....

    Oh meu senhor das causas perdidas....QUE.LIVRO.MAIS.LINDO !!!!!

    Vale cada mordida em suas páginas agridoces...me vi numa mistura de euforia e angústia diante de um amor tão lindo que precisava ser reconquistado e de histórias de vida tão carregadas de melancolia e dor que simplesmente não consegui largar o livro até descobrir o que aconteceria com seus personagens e se Garret e Sophie teriam seu encerramento ou não.

    Sophie é uma chocolatier que passou por maus momentos desde a infância e simplesmente não acredita que possa existir Felicidade apenas momentos efêmeros de prazer que as pessoas acabam associando a felicidade. Depois de ser deixada pelo noivo mais-que-perfeito uma semana antes do casamento e sem grandes explicações, ela mergulha numa espiral de tristeza e cria o Biscoito do Azar de Sophie, doce que virou sucesso em sua loja.

    “Como sempre, a maioria dos clientes era atraída pelos Biscoitos do Azar de Sophie, cada qual incluindo um dos seus singulares prognósticos manuscritos baseados em melancolia, ruínas ou sofrimento iminente.. Intencionalmente, os Biscoitos do Azar não eram o doce mais gostoso da loja.”

    Garret, mesmo participando do eixo principal da trama, acaba sendo um dos personagens secundários que gravitam em torno da dor e amargura de Sophie e os detalhes do romance deles traz muita leveza  à densidade da história que alterna momentos do passado (apresentados na hora certa) com momentos do presente.

    O foco de todo o livro é ela e como sua figura órfã e suave traz pesar em quem conhece sua história de vida. Esse ponto foi que achei interessante pois em sendo o escritor um homem que escrevia sob a perspectiva feminina mesmo em terceira pessoa, ele foi muito convincente em sua ideia e conseguiu transmitir uma mensagem forte e real de como todos temos dores e dessabores na vida mas que mesmo diante da maior das provações  existe um  propósito maior em todas as coisas e vale a pena sonhar e tentar ser feliz com o que se tem.

    Amei demais acompanhar esta jornada de amor e superação e cada detalhe acrescentou mais sabor a minha vida de leitora.
    5/5 estrelas




    0 comentários :

    Postar um comentário