• Home
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Livros
  • /
  • Filmes
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Release
  • /
  • Cover
  • /
  • Contato
  • Uma Coisa Absolutamente Fantástica #Resenha



    Em seu aguardado livro de estreia, Hank Green traz a história original e envolvente de uma jovem que se torna uma celebridade sem querer — mas logo se vê no centro de um mistério muito maior do que poderia imaginar.
    Enquanto volta para casa depois de trabalhar até de madrugada, a jovem April May esbarra numa escultura gigante. Impressionada com sua aparência — uma espécie de robô de três metros de altura —, April chama seu amigo Andy para gravar um vídeo sobre a aparição e postar no YouTube. No dia seguinte, a garota acorda e descobre que há esculturas idênticas em dezenas de cidades pelo mundo, sem que ninguém saiba como foram parar lá. Por ter sido o primeiro registro, o vídeo de April viraliza e ela se vê sob os holofotes da mídia mundial.
    Agora, April terá de lidar com os impactos da fama em seus relacionamentos, em sua segurança, e em sua própria identidade. Tudo isso enquanto tenta descobrir o que são essas esculturas — e o que querem de nós.
    Divertida e envolvente, essa história trata de temas muito relevantes nos dias atuais: como lidamos com o medo e o desconhecido e, principalmente, como as redes sociais estão mudando conceitos como fama, retórica e radicalização.
    “Engraçado, empolgante e uma delícia de ler. Eu sabia que Hank seria bom nisso, mas não sabia que já seria tão bom na primeira tentativa.” - John Scalzi, autor de Guerra do velho e ganhador do prêmio Hugo

    Resenha


    Vou começar explicando que fiquei louca para ler este livro assim que vi esta capa e li a sinopse. Eu amo um mistério e essa questão ficou martelando na minha cabeça sobre o que eles realmente eram. Dai fui pesquisar mais sobre o livro e descobri que o escritor é irmão de John Green e que é um famoso Youtuber. Foi então que fiquei mais intrigada ainda em saber como tudo iria se desenrolar.

    Será um pouco difícil falar sobre ele pois a sinopse na Amazon praticamente já é uma resenha e mostra exatamente o que esperar do livro.

    Os robôs,  na verdade, não são o foco do livro,  a ideia central é justamente essa questão do controle virtual sobre a vida das pessoas e como é tão fácil se deixar levar por esses verdadeiros robôs controlados pelo homem. O escritor usou os robôs no livro como uma alegoria para mostrar até onde a humanidade é capaz de ir para conquistar e manter a fama e o poder.

    Ele mostra tambem a atual polarização de pensamentos e comportamentos, o que me lembrou como estamos disfarçadamente vivendo outra guerra fria sem nem perceber e como desta vez estamos encarando esta liberdade sem freios que a internet permite.

    Confesso que não esperava que a resolução do problema fosse ser conduzida daquela forma, mas com certeza fiquei na expectativa do momento "toque-toque" e achei muito criativo e extremamente coerente com a mensagem de todo o livro.

    Gostei demais da caracterização dos personagens e como eles apresentaram muito bem seu papel na trama. Me apaixonei por Andy perdidamente e amei com ele amadureceu durante toda a história.

    4/5 estrelas.

    beijos,Myl

    0 comentários :

    Postar um comentário