• Home
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Livros
  • /
  • Filmes
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Release
  • /
  • Cover
  • /
  • Contato
  • Manic Monday #Resenha ARC Review


    The perfect man for me is a charming, sexy, hot as hell lawyer who knows how to negotiate his way into my panties.

    #Pfftwhatever

    Been there.
    Done that.
    Burned the T-shirt.

    I didn't swear off all men after my divorce, but I sure as hell swore off anyone remotely like my ex. On the top of that list? Attorneys. Everyone knows they can't be trusted.

    Now that I've moved back into my childhood home in Chicago, my focus is my daughter, my mom and me. I haven't given up on finding my happily-ever-after, it's just on hold-indefinitely. Yup, life is in a real upswing.

    Then I see Reed Warner again, and I'm reminded of all my mistakes. I push him away, but somehow he weasels his way into every part of my life, not willing to take no for an answer.

    In spite of my better judgment I can't stop thinking about the way his designer suits fit his muscular frame, or the way his blue eyes seem to eat me up with every glance.

    You know when you're on a diet and even hummus seems irresistible? Reed is like the equivalent of chocolate éclair and my willpower is fading fast.

    The problem? Not only is he a lawyer…

    He was the best man at my wedding.

    Sinopse

    Eu não abominei todos os homens após o meu divórcio, mas com certeza eu praguejei  alguém remotamente parecido com o meu ex. No topo dessa lista? Advogados. Todos sabem que eles não são confiáveis.
    Agora que voltei para minha casa de infância em Chicago, meu foco é minha filha, minha mãe e eu. Eu não desisti de encontrar o meu felizes para sempre, ele está apenas em modo espera indefinidamente. Sim, minha vida está em alta.
    Então eu vejo Reed Warner novamente, e me lembro de todos os meus erros. Eu o afasto, mas de alguma forma ele esgueira  seu caminho em todas as partes da minha vida, não querendo aceitar um não como resposta.

    Apesar do meu melhor julgamento, não consigo parar de pensar na maneira como seus trajes de grife se encaixam em sua estrutura muscular, ou na maneira como seus olhos azuis parecem me devorar a cada olhar
    Você sabe quando você está em uma dieta e até papel parece irresistível?  Reed é como o equivalente a um mousse de chocolate e minha força de vontade está se desfazendo rapidamente.
    O problema? Não só ele é um advogado ...
    Ele foi o padrinho do meu casamento.

    Resenha


    Vamos a mais uma comédia romântica deliciosamente sensual de Piper Rayne? Já estava com saudade de dar umas boas risadas com essas duas escritoras misteriosas , há um tempo estou pegando poucos livros por causa de uma faculdade que está consumindo meu juízo mas desta vez não consegui resisti e lá fui eu me divertir....
    Manic Monday conta a história da difícil Victória, uma jovem, que depois de um casamento em que se anulou por causa do ex marido advogado e egoísta, decidiu cuidar de si mesma e se dedicar a mãe doente e a filha fofa e espirituosa de sete anos.
    Tudo bem que ela nunca iria imaginar que reencontraria Reed, um homem extremamente atraente e sedutor que colocou na cabeça que vai conseguir conquistar Victoria. O problema  é que além dela não querer namorar, tudo se complica quando o cara em questão foi amigo do ex marido e ainda é advogado tambem, mas Reed não desiste e começa uma campanha forte para provar seu valor a garota e mostrar que nem todos os advogados são iguais.
    Narrado em primeira pessoa por Victória e com uma trama sexy  cheia de humor  e doçura acompanhei Reed derrubar barreira por barreira do coração de Victória  e torci muito por eles. Achei o máximo  como as escritoras realmente quiseram mostrar o empoderamento  feminino porque muitos vociferam por ai este tema mas na minha opinião só conseguem reforçar que quem manda é o homem e Piper Rayne mostraram com maestria e diversão  que a personagem dela realmente estava resolvida a se dedicar a si mesma e controlar a própria vida e tudo isso sem perder a ternura .
    Amei o príncipe Reed , o pequeno príncipe Henry ( que espero ele tenha um livro em breve) e a princesa Jade.
    5/5 estrelas
    Beijos,Myl

    Review

    Let's go to one more deliciously sensual romantic comedy of Piper Rayne? I was already longing to have a good laugh with these two mysterious writers, I have been getting a few books for a while because of a college that is consuming my wits but this time I could not resist and there was Piper Rayne making me laugh ....

    Manic Monday tells the story of the difficult Victoria, a young woman who, after a marriage in which she was annulled over for her lawyer's and selfish ex-husband, decided to take care of herself and dedicate herself to her sick mother and her cute and witty seven-year-old daughter .

    But she would never have imagined that she would find Reed again, an extremely attractive and seductive man who has put on his head that will win Victoria´s heart. The problem is she decided  to not  date so soon, everything is complicated when the guy in question was friends with her  ex-husband and is still a lawyer too, but Reed does not give up and begins a strong campaign to prove his value to the girl and show that not all lawyers are the same.

    Narrated in the first person by Victory and with a sexy plot full of humor and sweetness I accompanied Reed  break down barrier by the barrier of the heart of Victory and I twisted so very much by them. I found the most  writers really wanted to show women's empowerment but fails when in my opinion they can only reinforce that the boss is the man. Piper Rayne showed with mastery and fun that their heroin really was resolved to devote herself and control her own life and all this without losing her tenderness.


    I loved Prince Reed, the little prince Henry (who I hope could has a book coming soon) and Princess Jade. and I loved even more the reason for choosing the title.

    5/5 stars

    0 comentários :

    Postar um comentário