• Home
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Livros
  • /
  • Filmes
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Release
  • /
  • Cover
  • /
  • Contato
  • Two Wedding Crashers # resenha ARC Review


    I don’t know what love is anymore.

    Well, that’s not entirely true, but I’m going to tell you a little secret: I’ve lost the spark. 

    You know the kind of spark I’m talking about? 

    Where butterflies take flight in your stomach from two hands innocently colliding. Or catching your breath when you first meet someone attractive. Yeah, that spark.

    Except I haven't felt that feeling in forever; there is nothing left inside of me. 

    Normally, this wouldn’t be a problem--but I’m a writer on a serious deadline, and my editor is breathing down my neck for a romantic, Nicholas Sparks type love story. No pressure, right?

    That's how I find myself flying across the country to crash a wedding in the name of research, dress and heels stuffed into my small suitcase. 

    It should be the easiest book research ever. Drinking some free champagne, basking in the love of two strangers, and tapping into my romantic side. That will be a breeze. I'm a pro. I can handle this.

    Until I mistakenly end up in the wrong hotel room, naked as the day I was born, with the sexiest human I have ever met staring me down, wondering what I'm doing taking a shower in his bathroom. I don't think calling it research will get me out of this pickle. 

    But it will make for one hell of a story....


    Sinopse

    Eu não sei mais o que é o amor.
    Bem, isso não é inteiramente verdade, mas vou lhe contar um pequeno segredo: perdi a faísca.
    Você conhece o tipo de faísca que eu estou falando?

    Onde borboletas voam no estômago quando duas mãos inocentemente colidem. Ou prender a respiração quando você conhece alguém atraente pela primeira vez. Sim, essa faísca.

    Exceto que eu não sento esse sentimento desde sempre; não há nada dentro de mim.

    Normalmente, isso não seria um problema - mas eu sou um escritora com um prazo , e meu editor está respirando em meu pescoço querendo uma história de amor tipo romance  Nicholas Sparks. Sem pressão, certo?

    É assim que eu me vejo voando através todo o país para ser penetra em um casamento tudo em nome da pesquisa, vestido e saltos recheiam a minha mala pequena.

    Deveria ser a pesquisa de livros mais fácil de minha vida. Beber um pouco de champanhe grátis, aproveitando o amor de dois estranhos e tocando no meu lado romântico. Isso será uma beleza. Eu sou um profissional. Consigo lidar com isso.

    Até que eu erroneamente acabe no quarto do hotel errado, nua como o dia em que nasci, com o ser humano mais sexy que já conheci me olhando, me perguntando o que estou fazendo tomando banho no seu banheiro. Eu não acho que chamar isso de pesquisa vai me tirar desta confusão.

    Mas fará para uma história boa como o  inferno ...



    Resenha

    Confesso que me irritei bastante com Beck no livro anterior, pois fiquei o tempo todo me perguntando porque ele procurou um site de relacionamento tido como sério se não estava afim de relacionamentos. Enfim, para sorte dele eu adorei o trecho no final do livro e já imaginei como ele faria para ser penetra em um casamento de desconhecidos.

    O livro começa justamente com este trecho e depois mostra Rylee em plena crise de bloqueio criativo e precisando escrever com urgência seu próximo livro romântico.  Então suas amigas também inventam de leva-la a um casamento para ter material de pesquisa para a escrita, é nesse cenário cheio de amor que  Beck e Rylee se conhecem e começam a se aproximar e descobrir afinidades.
    Beck com seu jeito bad boy logo se encanta pela garota e insiste que fiquem juntos enquanto podem. Claro que essa aproximação se alonga mais que esperado pelos dois  o que vai começar a gerar algumas angústias em ambos.

    Graças a Deus ,Beck se redimiu nesse livro mostrando ser um cara leal e apaixonado e que sabe lutar pelo que quer. Me emocionei demais com a história de vida de ambos e suspirei horrores com aquele final maravilhoso.

    O livro é narrado em primeira pessoa por cada um dos personagens alternadamente e é dividido em prólogo, quatro partes e um epílogo mostrando bem essa jornada de amadurecimento e descoberta de cada um deles além de muitas cenas callientes e divertidas deles e engraçadérrimas com os amigos.
    Amei de paixão apaixonada.

    5/5 estrelas.

    Review

    I confess that I was very annoyed with Beck in the previous book, because I've been wondering all the time why he looked for a dating site that was considered serious if he didn’t want a relationship. Anyway, luckily for him I loved the excerpt  at the end of the book and already imagined how he would crash a stranger’s wedding .

    The book begins just with this excerpt and then shows Rylee in the middle of a crisis of writer’s block and needing to write urgently her next romantic book. Then her friends also come up with the same idea of crasing a marriage to have research material for the writing, it is in this scene full of love that Beck and Rylee know each other and begin to approach and discover so many affinities.

    Beck, in his bad boy manner, soon like he crazy and funny Rylee and insists that they stay together while they can. Of course this approach stretches more than expected by the two which will start to generate some issues in both.

    Thank God, Beck redeemed himself in this book by showing himself to be a loyal, passionate guy who knows how to fight for what he wants. I was very moved by their life story and I sighed so very very much at that wonderful ending.

    The book is narrated in first person by each of the personages alternately and is divided in prologue, four parts and an epilogue showing well this journey of maturation and discovery of each of them besides many scenes callous and amusing of them and funny with the friendly.
    I loved with passionate passion all the plot and the cover and their love, their friends, her parents…everything….


    5/5 stars.

    0 comentários :

    Postar um comentário