• Home
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Livros
  • /
  • Filmes
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Release
  • /
  • Cover
  • /
  • Contato
  • Confissões #Resenha Clube do Livro Autêntica

    Sinopse

    Seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar.

    O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão.

    Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança. Narrado em vozes alternadas e com reviravoltas inesperadas, Confissões explora os limites da punição, misturando suspense, drama, desespero e violência de forma honesta e brutal, culminando num confronto angustiante entre professora e aluno que irá colocar os ocupantes de uma escola inteira em perigo.

    Com uma escrita direta, elegante e assustadora, Kanae Minato mostra por que é considerada a rainha dos thrillers no Japão.

    Você nunca mais vai olhar para uma sala de aula da mesma maneira.

    Crime / Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério
    Ano: 2017 / Páginas: 176
    Idioma: português
    Editora: Vestígio


     Resenha

    Já que estamos falando de Confissões, confesso que quase não comprava este livro mas como foi o escolhido de dezembro do Clube da Gut e várias pessoas tinham amado resolvi arriscar e não me arrependi. Só  demorei quase um mês para resenhar este livro porque simplesmente não sabia como construir a resenha tamanho foi meu encanto com a obra que é surpreendente e muito original ao ponto de tudo que eu falar ser visto como spoiler na minha opinião.

    O livro é dividido em seis longos capítulos narrados em primeira pessoa com apenas um em terceira mostrando toda a rede de vingança da personagem principal: Yuko Moriguchi.
    Moriguchi é uma professora e mãe solteira que viu sua vida virar de ponta a cabeça depois que sua pequena filha morreu e pior de tudo depois de descobrir que não foi um acidente  e sim um assassinato. Sedenta de justiça e vestida com a armadura da vingança , ela abre o livro narrando sua vida ,como descobriu o que aconteceu e o que fez com quem matou sua filha. A partir dai cada capítulo é narrado por um personagem envolvido de alguma forma na história toda, revelando a face negra de uma sociedade machista, preconceituosa e com pessoas cheias de problemas emocionais.

    “ Nossos valores são determinados pelo ambiente em que crescemos ;e aprendemos  a julgar os outros usando um padrão estabelecido para nós pela primeira pessoa com quem temos contato –nossa mãe, na maioria das vezes. “

    O livro é denso trazendo uma trama  intrincada e muito bem construída onde cada momento é mais revelador que o outro ,onde a cada hora se revela uma faceta diferente de cada personagem indo num crescente e culminando num final de tirar o fôlego.
    Foi um dos melhores livros que li em 2017 e um dos melhores suspenses que já li na vida e olhe que leio Agatha Christie desde os 14 anos de idade ( e não vou te dizer que tenho 45 anos, não mesmo).

    Tudo isso mesmo com duas pequenas falhas no acontecimento que é o pontapé inicial para a vingança da professora. Achei fascinante conhecer a visão de alguém de uma cultura tão diversa da nossa e a forma como conduzem a criação dos filhos.

    Vou aproveitar minha licença para também ver o filme que já soube está bem fiel ao livro.
    Gostei da edição da Vestígio só tive problema no bloco final do livro que soltou do miolo. Um pena ! e isso me fez tirar meio ponto na classificação.
    4,5/5 estrelas.
    Beijos,Myl


    0 comentários :

    Postar um comentário